EP-23 Drag King e as performances de masculinidade

Drag King e as performances de masculinidade

Apresentador

Reginaldo Pacheco

Convidado

Rubia Romani, Multiartista que desenvolve cruzamentos de artes, sexualidades e terapias corporais. Rubão, Drag King,
Contato @rubao.ruby


Clarissa Foerster Casagrande, Fotógrafa, Drag King Omega
Contato @omegathedk

Pauta

EP-23 Drag King e as performances de masculinidade

LINKS INDICADOS NO PROGRAMA

Roda de Pensadores http://www.rodadepensadores.com.br/

Instagram @jornadasdoeu https://bit.ly/2A64MHV

Contato: jornadasdoeu@gmail.com

Campanha LGBT Podcaster
https://lgbtpodcasters.com.br/
 

Conselho Federal de Psicologia do Brasil
https://site.cfp.org.br/

Dica da semana

𝐆𝐀𝐈𝐀 𝐎𝐆𝐑𝐄  – @gaiaogre
CAMALEÓN – @camaleondrag
Coletivo Drag  @Kings.of.the.night

Drag King e as performances de masculinidade

A arte drag é muito versátil e vem se tornando cada vez mais popular no mundo com programas como RuPaul Drag Race, um reality show onde drags queens competem por uma coroa e o título de melhor drag queen dos estados unidos.

A performance drag queen consiste em um homem performar uma personagem feminina com roupas e acessórios e por ser uma arte muito versátil os shows podem contar com canto, dança, dublagem, representação e muitos outros elementos.

Com a popularidade das drag queens, um outro tipo de performance drag vem ganhando destaque, os drag kings, essa performance consiste em mulheres performando homens, brincando com elementos e estereótipos de masculinidade um show drag king é tão versátil quanto um show de drag queen.

Em 2013 o drag king ganhou destaque no queer week em Paris, um evento dedicado às reflexões de gênero e sexualidade, que acontece anualmente desde 2010 no Instituto de Estudos Políticos de Paris.

E no programa de hoje vamos conversar sobre como uma performance drag pode questionar os modelos de masculinidade, como ele pode abrir espaço para que homens possam conversar sobre o que significa ser homem.

Quando falamos de masculinidade precisamos lembrar que ser homem é uma ideia verdadeiramente abrangente, mas culturalmente reduzimos esse conjunto de ideias e filosofias a modelos restritivos e limitantes.

Então em nosso primeiro programa sobre novas masculinidades conversamos com duas mulheres que fazem drag king e brincam com os modelos de masculinidades vigentes no ocidente.

Então dê o play e acompanhe a conversa.

Ouça também EP-22 Eu sou responsável pelo que eu falo e não pelo que você entende


One Reply to “EP-23 Drag King e as performances de masculinidade”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *